Este ano não está sendo fácil, visto que a pandemia do Coronavírus atingiu todos de modo geral e resultou em empresas encerrando as atividades, aumento nas demissões e entre outros fatores. Portanto, agora mais do que nunca, o planejamento financeiro se torna uma ferramenta eficaz na estratégia do seu negócio. Aí eu te pergunto: o que fazer para crescer no mercado pós-pandemia?

De tal forma ninguém estava preparado e/ou não tinha noção do tamanho impacto que seria essa crise pandêmica mundial, principalmente as empresas.

E são nesses momentos de incertezas que as empresas se dividem em 2 grupos:

  • As que possuem competência para lidar com essa situação adversa e usam estratégias criativas e inovadoras para superar a crise;
  • E as que simplesmente não podem ou não conseguem se posicionar para agir de maneira eficaz.

Podemos considerar que as empresas que enfrentam a crise de maneira otimista, saem fortalecidas e com novos hábitos. Ou seja, geram um negócio mais vantajoso em termos de competitividade.

Sabemos que uma crise não agrada a ninguém, mas também é possível tirar mudanças e inovações dela. É preciso se reinventar e até deixar para trás algumas práticas e abrir espaço para o novo. Uma das dicas que te damos é: não se desespere, mas sim, enxergue novas oportunidades ao seu redor.

Mas aí vem aquela pergunta, como proceder para superar essa crise e obter crescimento no mercado?

Primeiramente busque manter a calma e focar nos seus objetivos. Abaixo listamos algumas dicas importantes para dar o pontapé inicial para o crescimento novamente:

  • Identificar quais foram os pontos e caminhos que impactaram a empresa neste período

Faça uma análise bem detalhada para ter informações e bases para tomada de decisões corretas. Leve em consideração a saúde financeira da empresa, liste quais são as receitas e despesas e controle toda entrada e saída.

  • Redução de gastos

Defina quais são as suas prioridades e corte despesas que não agregam valor ao seu negócio.

  • Interação entre os setores da empresa

Para obter sucesso no mercado, é importante incentivar a sintonia entre os departamentos, principalmente em momento de crise.

Por exemplo: o financeiro e a diretoria devem estar no mesmo rumo, mantendo o fluxo de caixa bem atualizado para as tomadas de decisões. O setor de compras e vendas devem trabalhar em harmonia, mantendo os prazos de entregas e negociações das melhores peças, seja de matéria-prima ou serviços. E por fim, o Rh precisa acompanhar e tranquilizar todos os colaboradores da empresa, pois é comum que o medo e insegurança aflijam todos de maneira geral.

  • Redefina suas metas

Não adianta ter um fluxo de caixa bem alinhado e um planejamento orçamentário definido se os números não são acompanhados. Por isso é importante alinhar o mesmo objetivo para todos os setores. Proponha reuniões semanais para avaliarem o andamento da empresa, se as metas estão sendo atingidas conforme planejadas, e caso seja o contrário, redefina novamente as metas.

  • Cuidado com os empréstimos bancários

Tenha cautela ao buscar por empréstimos bancários. É imprescindível saber previamente se conseguirá pagar o valor conforme contrato, além de analisar a taxa de juros, pois nem sempre o maior prazo de pagamento é vantajoso. Cuidado com limite de cheque especial, lis, crédito fácil etc, pois esses juros são altos e ao invés de aliviar o seu caixa, acabam virando a famosa “bola de neve”.

  • Renegocie suas dívidas

Negocie com os credores uma condição que possibilite estender os prazos e assim saldar a dívida, de forma que não quebre ainda mais o resultado da empresa.

  • Tenha um planejamento estratégico

Você já deve estar cansado de saber que o planejamento estratégico é indispensável para qualquer empresa, pois é através dele que podemos analisar o futuro da sua empresa. Além do mais, ele te prepara para possíveis turbulências e garante que crises sejam mais tranquilas. Possibilitando crescer no mercado.

  • Olhe mais para sua equipe

Os colaboradores mais comprometidos e dedicados a conquistar resultados pela empresa também devem ser tratados com comprometimento, na medida do possível. Times compostos por membros capacitados e multidisciplinares, possibilitam uma alocação mais flexível e geram ganhos que, por sua vez, podem tornar a manutenção integral mais viável em períodos difíceis. Sendo assim, motive sua equipe mesmo em tempos de crise, pois é melhor dar um passo para trás e logo dar dois passos à frente, do que somente andar, não se atentar à sua volta e acabar num abismo.

  • Tenha sempre um plano B

É muito importante ter um plano B para cada área da organização, pois isso ajuda a reduzir os prejuízos causados por uma possível crise financeira. Além de evitar perdas expressivas de funcionários e também te ajudar até a crescer no mercado. Portanto, treinamento não é despesa e sim investimento. Se atente a isso e com certeza a sua empresa só crescerá. Mas também não estagne somente no Plano B, elabore planos C, D, E em diante.

  • Tenha um diferencial competitivo no seu negócio

Os clientes estão ficando cada vez mais exigentes, isto é, descubra no que seu produto se destaca e utilize isso a seu favor. Torne a sua marca lembrada por aquele produto, serviço ou característica que apenas você pode oferecer, diferente dos seus concorrentes.

  • Prospectar novos clientes

É comum pensar que em tempos de crise, os clientes sumirão ou não adquirirão nada. Porém, esse pensamento é completamente equivocado e é neste momento que é preciso buscar o crescimento, pois muitos dos seus concorrentes desaceleram, ou seja, é a oportunidade perfeita para prospectar novos clientes e fazer uma análise de potenciais clientes. Mantenha sempre os pés no chão e não realize grandes investimentos de capital sem antes se planejar para ter a uma estrutura necessária quando a conjuntura der os primeiros sinais de retomada.

Seguindo esses passos, pode ter certeza que a sua empresa estará mais preparada do que nunca e no caminho certo para crescer no mercado.

Já dizia Peter Drucker – considerado o pai da Teoria da Administração:

“Existe o risco que você não pode jamais correr e existe o risco que você não pode deixar de correr”

E aí está disposto a correr esse risco por sua empresa?

Tenha em mãos a bússola e a visão do farol para lhe guiar!

Entre em contato com a nossa equipe agora mesmo clicando aqui e saiba o que podemos fazer pela sua empresa!

 

 

Adilson de Sousa

MBA em Controladoria

Graduado em Administração de Empresas

Graduando Ciências Contábeis