Saiba quais atitudes tomar para manter a sua empresa estável!

Em momentos de crise, a última coisa que um empresário quer é fechar as portas de sua empresa. Sabendo disso, neste texto vamos falar de soluções!

Você não precisa ser mais um a fechar as portas do negócio. E se isso acontecer, que seja por questões alheias aos seus esforços e práticas na gestão.

A seguir, saiba quais são os comportamentos que você precisa aplicar em seu negócio para sobreviver, crescer e prosperar:

1 – Estude

Um empreendedor precisa estar constantemente atento às oportunidades de aprendizado. Estude o mercado, se mantenha atualizado, acompanhe a movimentação da economia e busque levar da teoria à prática as melhores ações de gestão da empresa.

2 – Olhe para o mercado da sua empresa

Você não deve lançar um produto ou serviço sem antes observar o que a concorrência tem feito. Não promova uma ação de marketing sem saber por qual canal seu cliente deseja ser acessado. Também não finalize uma compra sem antes cotar com outros fornecedores, pesquise!

3 – Dedique-se ao controle financeiro

Registrar tudo o que entra e sai do caixa é essencial para a saúde financeira da sua empresa. Usar essa informação para construir um futuro melhor revela inteligência e maturidade. Siga por esse caminho para não perder dinheiro à toa.

4 – Assuma a sua responsabilidade dentro da empresa

Terceirizar atividades e tarefas alheias ao core business da empresa é crucial, mas não terceirize a sua responsabilidade. Ser líder é saber delegar e terceirizar funções, mas também acompanhar, entender e discutir os indicadores de desempenho da empresa, que são tarefas exclusivas do gestor.

5 – Passe a tesoura

Você pode ter o melhor plano de redução de despesas, mas ainda assim sempre haverá como cortar mais. É fundamental identificar onde estão os ralos financeiros da empresa e por onde o dinheiro escorre. O mesmo funciona com as novas oportunidades de economia, que por vezes moram nos pequenos detalhes.

6 – Planeje, ajuste e volte a planejar

Quando o assunto é empreender, antes de dar qualquer passo, é preciso haver uma estratégia. Isso vale para abrir ou fechar a empresa, para expandir sua atuação, sair do vermelho, para sobreviver e para crescer. E se algo der errado, ajuste, mas não abandone a necessidade de planejar.

7 – Questione sua veia empreendedora

Com tantos desempregados no país, o que não falta são empreendedores por necessidade, que veem no negócio próprio a única chance de obter renda. Mas se você não reúne as principais características que compõem um perfil de empresário, as chances de sucesso ficam reduzidas. Coragem, perseverança, liderança, proatividade, autoconfiança e resiliência são algumas delas.

8 – Conte com toda a ajuda possível

Empresas de BPO Financeiro e seu contador, podem ser definitivamente, os melhores parceiros do empreendedor. Sozinho, sem tempo e sem conhecimento, não meta os pés pelas mãos na gestão financeira, fiscal e tributária. Procure aliar-se a esse suporte profissional que conta com a tecnologia para deixar tudo mais fácil.

Reflita e aprenda com os erros

Além dessas soluções para que você mantenha o seu negócio estável, inclusive nos momentos de crise econômica mundial, é imprescindível aprender com as falhas e planejar melhor os passos da sua empresa. Fazer os ajustes necessários frequentemente é encaminhar-se a um caminho seguro e de crescimento sustentável.

Ainda está com dúvidas?

Entre contato conosco através do e-mail: comercial@vwrtech.com ou pelas nossas redes sociais: @vwr.tech

Saiba como o BPO Financeiro pode facilitar as rotinas financeiras da sua empresa. Solicite uma consultoria agora mesmo e EXPERIMENTE GRATUITAMENTE os recursos abaixo:

  • Acompanhamento do Fluxo de Caixa (previsto x realizado);
  • Controle do contas a pagar e receber;
  • Gerenciamento com relatórios customizados;
  • Acesso com múltiplos usuários;
  • Acesso a plataforma online, sem necessidade de instalação
    e também através do aplicativo (Android e iOS);
  • Guarda de recibos e comprovantes;
  • Emissão de nota fiscal eletrônica de serviço.